Pressione "Enter" pra pular este conteúdo

Senado devolve MP que autorizava nomeação sem eleições de reitores das universidades

O presidente do Congresso, senador Davi Alcolumbre, anunciou que devolveu a medida provisória  (MP 979/2020) que permitia ao ministro da Educação, Abraham Weintraub, nomear reitores de universidades federais no período da pandemia de coronavírus sem ouvir as comunidades universitárias. Davi ressaltou que a MP, assinada pelo presidente Jair Bolsonaro, viola a Constituição e a gestão democrática das universidades.

 O senador disse que o Parlamento permanece vigilante na defesa das instituições e no avanço da ciência. A medida provisória teria efeito sobre 16 instituições de ensino superior, que têm eleições para reitor marcadas até o final do ano.

O presidente Comissão de Educação do Senado, senador Dário Berger (MDB-SC), criticou a MP e disse que o momento é de conciliar e não de causar mais confronto. Oito partidos de oposição já haviam recorrido ao Supremo Tribunal Federal (STF) para suspender os efeitos da medida. Ouça o áudio com o jornalista Marco Antônio Reis, da Rádio Senado.

Por Mateus Matos