Pressione "Enter" pra pular este conteúdo

Justiça determina busca e apreensão dos passaportes dos nadadores americanos

A juíza Keyla Blanc De Cnop, do Juizado Especial do Torcedor e Grandes Eventos, determinou a expedição de mandados de busca e apreensão dos passaportes dos nadadores americanos Ryan Lochte e James Feigen. Com isso, eles estão proibidos de deixar o país. Os atletas estão envolvidos em uma investigação sobre um suposto assalto que teria acontecido na madrugada do último domingo (14). A decisão foi tomada com base em requerimento do Ministério Público.

A juíza aponta possíveis divergências nos relatos dos nadadores. Em depoimento à Polícia Civil, o atleta Ryan Steve Lochte afirma que os esportistas teriam sido abordados por um assaltante, que exigiu a entrega de todo o dinheiro (US$ 400). Já em outro depoimento, o nadador James Ernst Feigen contou que os atletas foram surpreendidos por alguns assaltantes, mas que apenas um deles estava armado.

Outra possível contradição apontada pela magistrada é sobre o comportamento dos atletas na chegada à Vila Olímpica, no domingo, após terem participado de uma festa na Zona Sul do Rio.

“Percebe-se que as supostas vítimas chegaram com suas integridades físicas e psicológicas inabaladas, fazendo, inclusive, brincadeiras uns com os outros”, afirma a magistrada, com base nos registros das câmeras de segurança da Vila.

Seja o Primeiro a Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MM