Pressione "Enter" pra pular este conteúdo

Deve o Estado proibir a comercialização de armas de brinquedo, lançadores de espuma e bolas?

A lei veta não apenas brinquedos que imitam armas de verdade, mas também os que disparam bola, espuma, luz. A regulamentação servirá para tirar dúvidas sobre o que vale ou não vale.

É nesse ponto que entra a discussão. O Estado deve mesmo entrar neste ponto? É ou não é uma decisão da família em comprar brinquedos que lançam luz, espuma ou bolas para seus filhos?

Até que ponto é o limite do Estado?

O que você acha desse assunto?

Seja o Primeiro a Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *