Pressione "Enter" pra pular este conteúdo

Presidente do Conselho de Ética do Senado ameaça renunciar

Se o Conselho de Ética não escolher amanhã (27) um novo relator para a denúncia contra o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), o primeiro relatório, elaborado por Epitácio Cafeteira (PMDB-MA), será colocado em votação. Caso não haja acordo para sua votação, o presidente do conselho, Sibá Machado (PT-AC), promete deixar a vaga. “Se não chegarem a uma decisão, eu renunciarei ao cargo”.

“Eu convidei os relatores, através de seus líderes”, afirmou. Segundo ele, nenhum líder indicou relator. “Eu cumprirei a minha obrigação que é pôr em votação as matérias que eu tenho em mãos”, afirmou Sibá, em entrevista à imprensa. Se não houver acordo para votação, o presidente do Conselho de Ética promete deixar o cargo.

Se o relatório de Cafeteira for rejeitado, Sibá ainda tem de colocar em votação os relatórios apresentados em separado pela bancada do PSDB, pelo senador Demóstenes Torres (DEM-GO) e Jefferson Peres (PDT-AM).

Questionado pela imprensa, Sibá afirmou que sua possível renúncia não é por motivo de pressão. O senador diz não se sentir pressionado em favor de Renan por nenhuma força política.

Por Mateus Matos