Pressione "Enter" pra pular este conteúdo

País tem quase R$ 2 bilhões aplicados em obras inacabadas, segundo TCU

Um dia depois de aprovar, com ressalvas, as contas do governo federal para 2006, o Tribunal de Contas da União (TCU) divulgou o resultado de um relatório que apontou a existência de 400 obras inacabadas no país. O valor total previsto das obras, entre empreendimentos da União, dos estados e municípios chega a R$ 3,4 bilhões, sendo que R$ 1,9 bilhão já foram aplicados. O levantamento foi relatado pelo ministro Valmir Campelo.

O estudo analisou os ministérios do Planejamento, da Educação, da Saúde, da Integração Nacional, da Ciência e Tecnologia, das Cidades, das Comunicações e do Turismo, além do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (DNIT). Campelo explica que o estudo foi apenas uma amostragem, mas representa um universo maior de todas as obras inacabadas atualmente no país.

Das 400 obras inconclusas, 130 são empreendimentos executados diretamente pela União e as outras 270 são executadas por estados e municípios, com transferência de recursos federais. O custo previsto das obras conduzidas pelos órgãos e entidades federais é de R$ 1,8 bilhão, enquanto as que estão a cargo dos estados e municípios têm aporte de recursos federais estimados em R$ 1,5 bilhão.

Por Mateus Matos