Pressione "Enter" pra pular este conteúdo

Justiça do Rio decreta prisão de viúva de ganhador de Mega-Sena

Na última quinta-feira, 25 de janeiro, a juíza Renata Gil, da 2ª Vara Criminal de Rio Bonito, decretou a prisão temporária (30 dias, prorrogáveis por igual período) de Adriana Almeida, viúva do ganhador da Mega-Sena Renné Senna. A prisão só foi cumprida hoje (30/01) porque a viúva estava sendo localizada, visto que não se encontrava em Rio Bonito.

A juíza baseou-se no material apresentado pela polícia e nos procedimentos cautelares, como escutas telefônicas e quebra de sigilo bancário. Além disso, a juíza determinou o bloqueio da conta conjunta, que a viúva mantinha com Renné, e da pessoal. Outras pessoas também tiveram o pedido de prisão decretado, mas os nomes não foram divulgados pela juíza, pois isso poderá atrapalhar o cumprimento dos mandados de prisão.

Seja o Primeiro a Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MM