Pressione "Enter" pra pular este conteúdo

Conselho Nacional de Justiça vai investigar tribunais que pagam acima do teto

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) decidiu hoje (23) investigar 14 Tribunais de Justiça que “ainda não se adequaram às exigências legais em relação ao teto dos vencimentos de servidores e magistrados”. No ano passado, o CNJ determinou que o teto-salarial dos servidores da Justiça deveria ser de até 90,25% do salário dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), hoje de R$ 24.500.

Em nota à imprensa, o conselho afirma que os presidentes dos Tribunais de Justiça podem sofrer processos administrativos ou disciplinares caso não façam os cortes necessários ou se as explicações para quem ganha acima de R$ 22.111 não sejam consideradas plausíveis.

A nota informa ainda que no TJ de São Paulo foi encontrado o maior salário, de R$ 34.814,61.

Os tribunais que serão investigados são o do Amapá, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo e do Distrito Federal.

Seja o Primeiro a Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

English EN French FR German DE Italian IT Portuguese PT Spanish ES