Pressione "Enter" pra pular este conteúdo

Avestruz Master pede dinheiro para pagar contas

A Avestruz Master Exportação e Importação protocolou hoje, na 11ª Vara Cível de Goiânia, pedido para liberação de R$ 846.008,12. O valor estava bloqueado em conta do Banco do Brasil mas foi levantado na semana passada, em cumprimento de decisão do juiz Carlos Luiz Damacena. Representada pelo advogado Nielsen Monteiro Cruvinel, a empresa sustentou que está com muitas contas atrasadas em virtude do longo espaço de tempo em que os numerários ficaram bloqueados por ordem de juízos de diversas partes do País.

Na petição, a Avestruz Master informa que, do total pretendido, vai direcionar R$ 629.880,00 para o pagamento de funcionários, de prestadores de serviços e da publicação do edital de credores (feita ontem) enquanto os restantes R$ 216.128,12 serão utilizados para despesas operacionais de manutenção das fazendas. “Há que se esclarecer que as despesas referentes aos meses de janeiro e vincendas em fevereiro deverão ser bem inferiores, uma vez que houve um novo acerto salarial. De outro lado, parte do ativo supérfluo da empresa (veículos, aeronaves, fazendas que não são utilizadas, está em fase de liqüidação para cobrir gastos tanto do empreendimento como da recuperação judicial”, salientou o advogado. A decisão deve ser proferida até nesta sexta-feira pelo juiz Carlos Damacena.

MM