Pressione "Enter" pra pular este conteúdo

TSE nega direito de resposta do PSTU contra Serra

O ministro substituto do Tribunal Superior Eleitoral, Caputo Bastos, negou hoje à noite pedido de direito de resposta do candidato do PSTU, José Maria de Almeida, contra a Coligação Grande Aliança de José Serra.

Na representação 436 José Maria alegou que na propaganda do último dia 29, a apresentadora do programa disse que Rita Camata, da Coligação Grande Aliança, era a única candidata à vice-presidente.

O candidato do PSTU recorreu ao TSE esclarecendo que também tem uma vice, é a militante de movimentos populares, Dayse Oliveira Gomes.

Em sua defesa, José Serra disse que tão logo a direção da campanha se deu conta do equívoco cometido, e antes mesmo de ser notificado, providenciou a retificação da notícia acompanhada de pedido de desculpas.

A coligação de Serra também esclareceu que a falha se explica pelo fato do nome da vice do PSTU não ser divulgado na propaganda do partido, desobedecendo o que determina o artigo 5º da resolução 20.988, que obriga a divulgação do nome do vice da chapa.

Em sua decisão, Caputo Bastos disse que a iniciativa da coligação de Serra atende satisfatoriamente o pedido da representação e advertiu o PSTU para cumprir o que manda a lei.

MM