Pressione "Enter" pra pular este conteúdo

AGU quer realização do leilão do Banespa

O advogado-geral da União, Gilmar Mendes, entrou hoje (16/11) no Supremo Tribunal Federal com reclamação (1.740) pedindo a suspensão das liminares concedidas pela Justiça Federal de São Paulo que paralisaram o leilão para a venda do Banespa, marcado para a próxima segunda-feira. O presidente do STF, ministro Carlos Velloso, vai examinar a reclamação. No documento, assinado também pelo procurador-geral do Banco Central, José Coelho Ferreira, a AGU sustenta que a concessão das liminares implica grave lesão à ordem e à economia públicas. Segundo Gilmar Mendes, a suspensão da privatização do Banespa afronta também a autoridade das decisões do Supremo Tribunal que cassaram liminares concedidas em ação popular na 1ª Vara Federal e ações cautelares na 15ª Vara Federal, na capital paulista, que impediam o processso de desestatização do banco.

Seja o Primeiro a Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *