Há    visitantes  além dos   membros online no site neste momento

Siga O Direito no Facebook



Adicionar RSS




20/01/2018 - 01:11:47

CAPA
ARTIGOS
CONCURSOS & SELEÇÕES
DEBATES
DECISÕES & NOTÍCIAS
DICIONÁRIOS
EVENTOS & CURSOS
LEGISLAÇÃO
LIVROS: AVALIAÇÕES
OPINIÕES
PROVAS
SITES
TESES & PESQUISAS
VISITAS
 

 DECISÕES & NOTÍCIAS

   Adicionar RSS de Decisões & Notícias
 
Gostou deste site? Por que não ajudar a mantê-lo?
MATÉRIAS
Arbitragem
Atualidades
  - Economia
  - Governo
  - Política
Direito Administrativo
Direito Agrário
Direito Ambiental
Direito Civil
  - Direito Autoral
  - Direito das Coisas
  - Direito das Obrigações
  - Direito das Sucessões
  - Direito de Família
  - Direito do Consumidor
  - Direito Empresarial
  - Direito Falimentar
  - Direitos Reais
Direito Comercial
Direito Constitucional
Direito de Trânsito
Direito Desportivo
Direito do Trabalho
Direito e Educação
Direito e Religião
Direito e Saúde
Direito e Tecnologia
Direito Econômico e Financeiro
Direito Eleitoral
Direito Internacional
Direito Militar
Direito Penal
  - Execuções Penais
Direito Previdenciário
Direito Processual
  - Direito Processual Civil
  - Direito Processual Constitucional
  - Direito Processual do Trabalho
  - Direito Processual Penal
Direito Tributário
Direitos Humanos
Filosofia
Língua Portuguesa
Medicina Legal
Ministério Público
Poder Executivo
Poder Judiciário
Poder Legislativo
Teoria Geral do Direito
  - Direito Romano
  - História do Direito
  - Sociologia Jurídica
Atualidades
STF abre julgamento com análise sobre prerrogativa de julgamento dos reús do mensalão
|Mensalão



Publicado em 02/08/2012

        BRASÍLIA, DF - Começou por volta das 14h30, no Supremo Tribunal Federal, o julgamento da Ação Penal 470, mais conhecida como processo do mensalão. O plenário está repleto de jornalistas – que ocupam quase um terço do espaço –, advogados –, que ocupam o grupo de cadeiras logo a frente do presidente do STF –, autoridades e visitantes.

       O presidente da Corte, ministro Carlos Ayres Britto, abriu a sessão agradecendo a presença dos advogados dativos Roberto Rosas, Nabor Bulhões e Pedro Gordilho e de membros da Defensoria Pública da União. Os advogados não defendem nenhum réu no processo, mas, a pedido do Supremo, estudaram o caso com antecedência e estão prontos a atuar caso algum advogado constituído deixe o processo durante o julgamento.

       Neste momento, os ministros estão analisando uma questão de ordem trazida pelo advogado Márcio Thomaz Bastos, que defende o ex-dirigente do Banco Rural José Roberto Salgado. O advogado questiona o fato de todos os réus estarem sendo julgados pelo STF, quando apenas três deles têm essa prerrogativa – os deputados federais Pedro Henry (PP-MT), João Paulo Cunha (PT-SP) e Valdemar Costa Neto (PR-SP).

       Decididas as questões de ordem, o relator da ação penal, ministro Joaquim Barbosa, lerá um relatório resumido de três páginas lembrando a história do processo. Em geral, os relatórios de casos de impacto têm pelo menos uma dezena de páginas, mas os ministros decidiram reduzir essa etapa para poupar tempo.

       Depois disso, o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, falará por cinco horas, destacando as conclusões do Ministério Público sobre a culpa de cada réu. Ele será o único a falar nesta quinta-feira, e a sessão será encerrada logo após suas considerações.

       O julgamento recomeça amanhã (3) com a participação dos advogados de cinco réus, que falarão por uma hora cada um, começando pelo representante de José Dirceu. Como são 38 réus, a argumentação da defesa termina no dia 14 de agosto. 

Fonte:   ABr - Agência Brasil

Leia mais sobre o mesmo caso: Mensalão
» Justiça condena ex-presidente nacional do PSDB a 20 anos de prisão por mensalão tucano -16/12/2015
» Justiça italiana suspende extradição de Pizzolato -12/06/2015
» Justiça da Itália autoriza extradição de Pizzolato -04/06/2015
» Itália comunica Brasil sobre extradição do brasileiro Henrique Pizzolato -24/04/2015
» Barbosa nega pedido de Dirceu para trabalhar fora do presídio -09/05/2014
» STF Revoga autorização de trabalho concedida a condenado do "Mensalão" -09/05/2014
» STF decide que ex-deputado Eduardo Azeredo deve ser julgado na 1ª instância -28/03/2014
» STF: Cinco ministros votam pela rejeição dos embargos infringentes contra condenação por quadrilha -27/02/2014
» Presidente do STF pede informações a presídios do RJ antes de decidir sobre prisão de Jefferson -13/12/2013
Leia mais sobre a mesma matéria: Atualidades
» Em referendo histórico, Irlanda aprova casamento gay -23/05/2015
» Pesquisa mostra que crianças expõem vida pessoal nas redes sociais -03/11/2012
» Pesquisa mostra que crianças expõem vida pessoal nas redes sociais -03/11/2012
» Feira no Rio orienta interessados em ingressar no serviço público -24/09/2012
» Brasil está entre os maiores doadores de alimentos do mundo -17/08/2012
» Jornalistas debatem papel da imprensa como veículo de registro da história do país -27/07/2012
» Lei que proíbe celular em banco começa a valer na cidade de São Paulo -29/08/2011
» Cidadãos poderão recorrer à Defensoria Pública por telefone -03/09/2009
» Trabalho com carteira assinada cresce 10% em um ano -22/05/2008

793 visitantes leram este conteúdo até o momento


    Nenhum comentário a respeito, até o momento.






Deixe sua opinião:
Por favor, desligue o CAPS-LOCK.

RAMO DE ATIVIDADE
Internet & Redes Sociais
Transportes Aéreos
Planos de Saúde & Hospitais
Bancos & Financeiras
Telefonia fixa, TV por assinatura
Imprensa, TV & Rádio
Telefonia móvel
Seguros & Seguradoras
Escolas, Universidades e Cursos
Concessionárias de Luz & Energia
Construção Civil
Cartão de Crédito
Comércio varejista
Hotelaria & Agências de Turismo
Transportes Terrestres
Trabalho doméstico
Petróleo & Gás
Poderes da República
Indústria
Concessionárias de Água
Funcionalismo Público
Entreterimento & Cultura
Esportes, Clubes e Federações


TEMAS
Dano Moral
Previdência e Aposentadoria
Concursos & Exames
Reforma & Controle Externo do Judiciário
Eleições
Crime Organizado
Penhora de Bens
Pensão Alimentícia
Infância e Juventude
Imposto de Renda
Condomínio
União Estável
Honorários Advocatícios
Divórcio & Separação
Impeachment
Corrupção & Improbidade Administrativa
Jogos de Azar
Discriminação Racial, de Sexo, Religião & de Minorias
Entorpecentes ilícitos
Inquilinato
Marcas e Patentes
CPI & CPMI
Greve
Súmula Vinculante
Cotas Raciais
Trabalho Escravo
Juizados Especiais Federais
Reforma Política
Nepotismo
Aborto
Assédio Moral
Abusos e Desvios de Poder
Terceirização
Terrorismo
Novo Código Civil
Juros abusivos
Lei Seca
Reforma Agrária & MST
Transparência
Adoção
Imprensa
Estupro
Licitações Públicas
Novo Código de Processo Civil
Guarda Compartilhada
PESQUISA
DIGITE A PALAVRA:


ESCOLHA EM QUE CAMPO PESQUISAR:


Todas as palavras
Expressão exata

CASOS
Eleições 2006
Mensalão
VARIG
Orkut
Vôo GOL 1907
Operação Hurricane
Whatsapp
Operação Lava Jato
Redução da Maioridade Penal
Cassação Eduardo Cunha
Eleições 2002
Sanguessugas
YouTube
Demóstenes & Cachoeira
Uber
Lei Antifumo
Avestruz Master
Facebook
Metrô SP
Olimpíadas 2016
Sean Goldman
Operação Navalha
Von Richthofen
Eleições 2010
Eleições 2012
Novo Código Florestal
Renovação de Cadastro Bancário
Ficha Limpa
Novo Código Penal
Arruda & Cia
Atos Secretos
Biografias não autorizadas
Eleições 2014
Incêndio em Santa Maria
Petrobras
TelexFree
Twitter
Bolão da Mega-Sena
Casamento Gay
Copa 2014
Eleições Municipais 2016
FIFA
Portabilidade
Reforma Política
Olimpíadas 2016
PEC 241
 
Site pessoal de:  MATEUS MATOS
Editoria:  MATEUS MATOS
Sistema desenvolvido por:   MATEUS MATOS

Parceria? Anunciar? Política de Privacidade Copyright 1996 - 2018 O Direito © Todos os direitos reservados a Mateus Matos. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Exceto o conteúdo publicado pelos Membros, já que estes têm responsabilidade pelas suas publicações bem como autoridade para permitir ou não a sua publicação

Ano 19 - De junho/2015     13.0.02 12/04/2012