Adicionar RSS




Há    visitantes  além dos   membros online no site neste momento booked.net booked.net booked.net


   Adicionar RSS de Artigos

Artigos

Publique seu Artigo
clicando aqui
 
FILTROS
Direito de Trânsito
Sistema de Iluminação


Publicado desde 08/11/2008
Benevides  Neto 

        Após a edição da Carta Magna de 1988, o direito à segurança teve assento em dois artigos distintos do texto constitucional, a saber, no caput do artigo 5º (segurança individual) e no caput do artigo 144 (segurança pública). Dentro do direito à segurança, em sentido amplo, ressalta-se, atualmente, a busca pela segurança nas relações entre os cidadãos e o trânsito. Dentro desse contexto, alinhado ao mandamento constitucional, prescreve o Código de Trânsito Brasileiro que o trânsito, em condições seguras, é um direito de todos e um dever dos órgãos e entidades componentes do Sistema Nacional de Trânsito. A educação e a ética no trânsito, assim como a fiscalização e a engenharia de tráfego, são instrumentos destinados à consecução desses fins, mas que, sem a efetiva conscientização dos usuários das vias públicas, tornam-se inócuos. Nesse passo observa-se que a correta manutenção do veículo pelo proprietário pode colaborar efetivamente para a segurança viária e o equilíbrio do meio ambiente. É muito comum observarmos veículos transitando nas vias públicas com luzes queimadas ou mesmo com o sistema de iluminação completamente desligado. O sistema de iluminação do veículo desempenha papel importantíssimo no tráfego viário, uma vez que permite a condução do veículo em condições metereológicas adversas, identifica o veículo e suas reais dimensões, sinaliza as manobras efetuadas pelo condutor e eventuais situações emergenciais

        Equipamentos obrigatórios

       São equipamentos obrigatórios dos veículos: dois faróis principais dianteiros, de cor branca ou amarela, contemplando a luz de posição, farol baixo e alto; lanternas indicadoras de direção, dianteiras de cor branca ou amarela e traseiras de cor âmbar ou vermelha; lanternas de posição traseiras e de freio na cor vermelha; lanterna de marcha à ré de cor branca; iluminação da placa traseira e retrorrefletores traseiros de cor vermelha.

       Uso de luzes

       O condutor deve manter aceso os faróis do veículo, utilizando luz baixa, durante a noite e, durante o dia, nos túneis providos ou não de iluminação pública. A troca de luz baixa e alta, de forma intermitente e por curto período de tempo, deve ter por objetivo apenas advertir outros motoristas quanto a intenção de ultrapassagem ou a existência de risco à segurança para os veículos que seguem no sentido contrário.

       Situações especiais

       Em situações de chuva forte, neblina ou cerração, o condutor deve manter ligadas, durante o dia, pelo menos as luzes de posição do veículo, sendo que, em se tratando de imobilizações ou situações de emergência, o pisca-alerta do veículo deverá ser acionado. Nas paradas para embarque e desembarque de passageiros e para carga e descarga de mercadorias as luzes de posição deverão permanecer acesas.

       Ônibus e ciclomotores

       Os veículos de transporte coletivo regular de passageiros, quando circularem em faixas próprias a eles destinadas, e os ciclomotores deverão se utilizar de farol de luz baixa durante o dia e a noite. O Conselho Nacional de Trânsito recomenda que as autoridades de trânsito realizem campanhas educativas motivando os usuários das rodovias a manterem o farol baixo aceso como forma de prevenção de acidentes.

       Infrações

       » transitar com o veículo sem o equipamento de iluminação, com o equipamento de iluminação ou sinalização alterados, deficientes ou inoperantes, com o farol desregulado ou com o facho de luz alta de forma a perturbar a visão de outro condutor são infrações de natureza grave, que sujeitam o infrator à multa de R$ 127,69, retenção do veículo para regularização e cinco pontos na CNH; » deixar de indicar com antecedência, mediante luz indicadora de direção ou gesto regulamentar de braço, a realização de manobra de parar o veículo ou a mudança de direção ou de faixa são infrações de natureza grave que impõem ao condutor multa de R$ 127,69 e cinco pontos na CNH;

       » usar indevidamente o facho de luz alta ou o pisca-alerta, transitar com o farol baixo desligado durante a noite, deixar de manter a luz de posição acesa em condições atmosféricas adversas e não manter a placa traseira iluminada durante a noite são infrações de natureza média que acarretam ao infrator multa de R$ 85,13 e quatro pontos na CNH. 

Este conteúdo foi redigido e finalizado em 18/07/2008, segundo o seu autor e responsável.
Representa, única e exclusivamente, a opinião particular dopróprio autor. Ele é o único responsável pelas informações acima dispostas e publicadas, an?lises e cr?ticas assumidas, informações pesquisadas, inclu?das e citações realizadas.


Benevides Fernandes  Neto 
Membro desde maio de 2006
Oficial da Polícia Militar do Estado de São Paulo, Bacharel em Direito, Pós-graduando em Direito Administrativo pelo Centro Universitário do Norte Paulista (UNORP) e em Segurança Pública pela PUC/RS. *
* segundo opróprio membro em 18 de maio de 2006


Leia mais artigos do mesmo autor(a): Benevides Neto
» Transporte De Carga Em Motocicleta -21/02/2008 17:52:50
» Transporte Escolar -08/02/2008 17:46:43
» Regras Sobre Pára-brisa -25/01/2008 18:10:06
» Uso de Capacete -10/01/2008 15:27:09
» Novidade no Trânsito: Engates -20/06/2007 12:27:29
» Trânsito e Álcool -02/04/2007 17:55:57
» Comprovação da infração de trânsito - necessidade da presença do agente de trânsito -03/11/2006 12:18:41
» Guardas municipais como agentes de trânsito - estudo de caso - inconstitucionalidade -25/07/2006 12:30:38
» Ilegalidade do recolhimento de PPD e aplicação da autuação do inciso V do artigo 162 do CTB -30/05/2006 14:47:18
Leia mais artigos sobre a mesma matéria: Direito de Trânsito
» Quando se perde o "direito de dirigir" -07/04/2010
» Acessibilidade no Trânsito - e eu com isso? -26/11/2009 20:18:04
» Legislação De Trânsito - Competências e Incompetências -14/11/2009
» O Acidente De Trânsito É Necessário Ou Contingente? -15/10/2009 22:15:02
» A natureza jurídica do capacete de segurança e seus efeitos -14/10/2008 11:46:17
» As nem tão boas alterações do Ctb trazidas pela Lei 11.705/08 -29/06/2008 21:03:12
» Transporte De Carga Em Motocicleta -21/02/2008 17:52:50
» Transporte Escolar -08/02/2008 17:46:43
» Regras Sobre Pára-brisa -25/01/2008 18:10:06
746 visitantes leram este conteúdo até o momento


    Nenhum comentário a respeito, até o momento.






Deixe sua opinião:
Por favor, desligue o CAPS-LOCK.



PESQUISA
DIGITE A PALAVRA:


ESCOLHA EM QUE CAMPO PESQUISAR:

Todas as palavras
Expressão exata


ATUALIDADES
Breves apontamentos sobre a Homofobia
por Camila Andrade
Este artigo traz breves apontamentos acerca da temática da homofobia, inserindo-a na visão reacionária que é inerente ao fundamentalismo religioso, o ...
DIREITO CONSTITUCIONAL
A PRF não é Polícia
por Aristides Medeiros
A chamada “Polícia Rodoviária Federal” (rectius: Patrulha) – prevista no inc. II do art. 144, caput, da Constituição Federal, - não é Policia na acep...
DIREITO PENAL
Sobre o chamado "princípio da insignificância"
por Aristides Medeiros
O chamado "princípio da insignificância" constitui "de lege ferenda"...
DIREITO E SAÚDE
Médicos: Receitas com caligrafia ilegível
por Aristides Medeiros
É obrigação do médico expedir as receitas com caligrafia legível...
DIREITO CONSTITUCIONAL
Breves considerações sobre o Direito de Recusa a fazer prova contra si mesmo
por Aristides Medeiros
O direito de fazer prova contra si mesmo não é absoluto...
DIREITO TRIBUTÁRIO
Responsabilidade Tributária Do Sócio De Sociedade Empresária Limitada
por Jéssica Martini
este artigo tem por objetivo discorrer sobre os limites que o Fisco deve respeitar para que possa responsabilizar o sócio integrante de uma sociedade...
DIREITO CIVIL
Direito De Família E Alienação Parental
por Gisele Leite
A recente lei que trata sobre alienação parental dentro do cenário do direito de família contemporâneo....
DIREITO PROCESSUAL PENAL
Execução da Reparação Civil fundada em sentença condenatória pelo próprio Juízo Criminal
por Vinicius Conrado
Reflexão sobre a adoção do sincretismo processual pelo Juízo Criminal de execução de reparação civil em virtude de sentença condenatória....
FILOSOFIA
Natureza Humana, Livre-arbítrio E Mundo Contemporâneo
por Gisele Leite
Entender a filosofia e lógica de Nietzsche é tão desafiador como decifrar o mundo contemporâneo. O texto tenta apenas didaticamente expor a evolução d...
DIREITO PREVIDENCIÁRIO
Mudanças na Aposentadoria. Projeto de Lei 3299/2008.
por Leandro De Almeida
Artigo sobre as principais mudanças no cálculo das Aposentadorias que estão sendo discutidas no Congresso Nacional....