Adicionar RSS




Há    visitantes  além dos   membros online no site neste momento booked.net booked.net booked.net


   Adicionar RSS de Decisões & Notícias

Decisões & Notícias

 
FILTROS
Direito Administrativo
Nomeação de servidor por decisão judicial não dá direito a pagamento retroativo
|Concursos & Exames |Funcionalismo Público



Publicado em 30/09/2015

        BRASÍLIA, DF - O servidor que é nomeado tardiamente em cargo público por força de decisão judicial não tem direito a receber os valores correspondentes ao que teria recebido se houvesse sido empossado no momento correto. A decisão, por unanimidade de votos, foi da Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e pôs fim a divergência de entendimento até então existente no tribunal.

       A questão foi discutida em embargos de divergência apresentados pelo Distrito Federal contra decisão da Segunda Turma do STJ. O objetivo do DF era anular a indenização concedida a um agente penitenciário que ingressou no cargo por decisão judicial.

       O relator, ministro Luis Felipe Salomão, destacou que a Corte Especial já havia revisado sua posição anterior, favorável à indenização, para seguir a jurisprudência do Supremo Tribunal Federal (STF).

       Ressalva

       Em julgamento de recurso extraordinário sob o rito da repercussão geral, o STF decidiu que “não é devida indenização ao candidato cuja nomeação tardia decorre de decisão judicial, tendo em vista que o retardamento não configura preterição ou ato ilegítimo da administração pública a justificar uma contrapartida indenizatória”.

       A decisão do STF ressalvou a hipótese de haver comprovação da existência de arbitrariedade manifesta da administração, o que geraria o dever de indenizar. Seria o caso de descumprimento de ordens judiciais, litigância meramente procrastinatória ou má-fé.

       No caso analisado pela Corte Especial, o ministro Salomão reconheceu a divergência ainda existente no STJ e deu provimento aos embargos para reverter o julgamento da Segunda Turma. Assim, foi afastado o pagamento de vencimentos relativos ao período anterior à data da nomeação. Para o relator, não ficou caracterizado nenhum ato arbitrário capaz de gerar o dever de reparação.

Fonte:   STJ - Superior Tribunal de Justiça

Revisão: Mateus Matos

Leia mais sobre o mesmo ramo de atividade: Funcionalismo Público
» CCJ aprova demissão de servidor por "insuficiência de desempenho" -04/10/2017
» STF declara constitucionalidade da Lei de Cotas no serviço público federal -09/06/2017
» STF reafirma inconstitucionalidade de greve de policiais civis -05/04/2017
» Temer sanciona sem vetos reajuste de 41,5% para Poder Judiciário -01/09/2016
» Proibição de tatuagem a candidato de concurso público é inconstitucional, decide STF -17/08/2016
» STJ determina pagamento de pensão militar a filha de criação -09/08/2016
» Aprovado fora do número de vagas não tem direito líquido e certo à nomeação -07/03/2016
» Emancipação garante posse a menor de 18 anos em Concurso Público -04/12/2015
Leia mais sobre o mesmo tema: Concursos & Exames
» Universidade Estadual terá de nomear cadidatos aprovados em cadastro reserva -30/01/2017
» TJ do Rio marca novas etapas do concurso para juiz -19/09/2016
» Proibição de tatuagem a candidato de concurso público é inconstitucional, decide STF -17/08/2016
» Candidato aprovado fora do número de vagas não deve ser preterido se houver vacância -18/07/2016
» Candidato reprovado em testes físico e psicológico consegue reverter eliminação em concurso público -09/06/2016
» Aprovado fora do número de vagas não tem direito líquido e certo à nomeação -07/03/2016
» Candidato não pode ser eliminado por causa de infração cometida quando era menor de idade -10/12/2015
» Emancipação garante posse a menor de 18 anos em Concurso Público -04/12/2015
» STJ decide que quando houver vaga ou terceirizado, aprovado em cadastro de reserva tem direito a nomeação -22/07/2015
Leia mais sobre a mesma matéria: Direito Administrativo
» BC esclarece que não proibiu notas com carimbo "Lula livre" -11/05/2018
» Justiça nega prorrogação de contrato da Rodrimar no Porto de Santos -24/04/2018
» Município vai ressarcir menino lesionado em campo de futebol -15/04/2018
» Negada liminar para renovação de vínculo de cubanos com o Programa Mais Médicos -14/04/2018
» Bem de família pode ficar indisponível em ação de improbidade -26/01/2018
» CCJ aprova demissão de servidor por "insuficiência de desempenho" -04/10/2017
» Prefeitura de São Paulo pode usar multas para pagar pessoal da CET até decisão final da Justiça -09/07/2017
» Universidade Estadual terá de nomear cadidatos aprovados em cadastro reserva -30/01/2017
» Senado aprova projetos para barrar os supersalários -14/12/2016
940 visitantes leram este conteúdo até o momento


    Nenhum comentário a respeito, até o momento.






Deixe sua opinião:
Por favor, desligue o CAPS-LOCK.



PESQUISA
DIGITE A PALAVRA:


ESCOLHA EM QUE CAMPO PESQUISAR:


Todas as palavras
Expressão exata