Adicionar RSS




Há    visitantes  além dos   membros online no site neste momento booked.net booked.net booked.net


   Adicionar RSS de Decisões & Notícias

Decisões & Notícias

 
FILTROS
Poder Legislativo
Conselho de Ética do Senado arquiva em definitivo pedido de cassação de Aécio Neves
|Corrupção & Improbidade Administrativa |Poderes da República



Publicado em 06/07/2017

        BRASÍLIA, DF - Conselho de Ética do Senado decidiu nesta quinta-feira (6), por 11 a favor e 4 contra, arquivar definitivamente o pedido de cassação do senador Aécio Neves (PSDB-MG) apresentado pela Rede e pelo PSOL. Ao analisar recurso assinado por cinco senadores, os integrantes do conselho avalizaram a decisão do presidente do colegiado, senador João Alberto (PMDB-MA), que, há duas semanas, havia determinado, em uma decisão individual, o arquivamento do caso.

       Na ocasião, João Alberto havia justificado a decisão afirmando que não havia, no pedido de cassação protocolado pelos dois partidos oposicionistas, “elementos convincentes” para processar Aécio por quebra de decoro parlamentar.

       Diante da decisão de João Alberto, os senadores Lasier Martins (PSD-RS), Pedro Chaves (PSC-MS), João Capiberibe (PSB-AP), Antonio Carlos Valadares (PSB-SE) e José Pimentel (PT-CE) entraram com o recurso que foi derrubado nesta quinta.

       Entenda o caso

       Com base na delação da JBS, a Procuradoria Geral da República (PGR) afirma que Aécio Neves pediu R$ 2 milhões ao empresário Joesley Batista para, supostamente, pagar despesas com advogados na Lava Jato. Em troca, segundo o Ministério Público, atuaria em favor dos interesses da JBS.

       Ele foi denunciado por corrupção pela PGR e estava afastado do mandato desde o dia 18 de maio. O afastamento foi derrubado no último dia 30 de junho pelo ministro Marco Aurélio Mello.

       Na última terça (4), no retorno ao Senado, Aécio subiu à tribuna para se defender das acusações do Ministério Público contra ele. Durante o pronunciamento, o tucano afirmou que não cometeu crimes, se disse indignado com o que chamou de "injustiça" e afirmou que foi condenado previamente sem chance de defesa.

       “Fui vítima da manipulação de alguns, da má-fé de muitos e, sobretudo, de julgamentos apressados, alguns feitos aqui mesmo nesta Casa”, declarou Aécio na ocasião.

       Debate

        O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), cujo gabinete elaborou o recurso, defendeu a abertura da representação e disse que o argumento de João Alberto de que “não há provas” é “descabido”.

       Telmário Mota (PTB-RR), por outro lado, afirmou que a acusação era “improcedente” e que Aécio pediu um empréstimo a um amigo, que é empresário.

       Já João Capiberibe (PSB-AP) disse que não dar continuidade à representação “causaria um desgaste à imagem” do Senado junto à sociedade que, na visão do parlamentar, cobra “atuação rígida” em relação a desvios. 

Fonte:   Agência Senado

Revisão: Mateus Matos

Leia mais sobre o mesmo ramo de atividade: Poderes da República
» STF aprova restrição do foro privilegiado para deputados e senadores -04/05/2018
» STJ edita seis novas súmulas -16/09/2017
» Criada comissão especial que vai analisar reforma política do Senado que pode adiar as eleições de 2018 para 2020 -04/05/2017
» Justiça condena Eduardo Cunha a 15 anos de prisão por corrupção, lavagem e evasão de divisa -30/03/2017
» Comissão da reforma da Previdência recebe mais de 140 emendas ao texto -14/03/2017
» Maia defende mesma idade mínima para aposentadoria de homens e mulheres -14/03/2017
» Presidente do STF homologa delações da Odebrecht -30/01/2017
» Ministro do STF suspende tramitação do projeto de medidas contra a corrupção -15/12/2016
» STF afasta Renan Calheiros da Presidência do Senado -05/12/2016
Leia mais sobre o mesmo tema: Corrupção & Improbidade Administrativa
» Ex-juiz do caso Eike Batista é condenado a 52 anos de prisão -21/02/2018
» TRF4 confirma condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva -26/01/2018
» Tribunal aumenta pena de Renato Duque e absolve Vaccari por colaboração com insuficiência de provas na 2a instância -28/06/2017
» PGR denuncia Temer por crime de corrupção passiva -26/06/2017
» Ex-governador Sérgio Cabral é condenado a 14 anos e 2 meses de prisão -13/06/2017
» Supremo revoga prisão preventiva de José Dirceu na Lava Jato -02/05/2017
» TSE desaprova contas de 2011 e aplica sanção de R$ 10 milhões ao PSDB -27/04/2017
» Justiça condena Eduardo Cunha a 15 anos de prisão por corrupção, lavagem e evasão de divisa -30/03/2017
» Justiça transforma prisão da mulher de Cabral em domiciliar por filhos -17/03/2017
Leia mais sobre a mesma matéria: Poder Legislativo
» Ministro do STF suspende tramitação do projeto de medidas contra a corrupção -15/12/2016
» Relator retira possibilidade de juízes responderem por crime de responsabilidade -15/11/2016
» Relator retira possibilidade de juízes responderem por crime de responsabilidade -15/11/2016
» Conselho de Ética rejeita processo contra Bolsonaro por citar Brilhante Ustra -09/11/2016
» Parecer sobre medidas de combate à corrupção deve ser apresentado até quinta -07/11/2016
» Câmara aprova MP que reduz IR sobre remessas de dinheiro ao exterior. De 25% pra 6% -16/06/2016
» Conselho de Ética aprova por 11 votos parecer pela cassação de Eduardo Cunha -14/06/2016
» CCJ aprova admissibilidade de PEC que cria cota para mulheres no Legislativo -08/06/2016
» Por 55 a 22 votos, Senado abre processo de impeachment e afasta Dilma -12/05/2016
438 visitantes leram este conteúdo até o momento


    Nenhum comentário a respeito, até o momento.






Deixe sua opinião:
Por favor, desligue o CAPS-LOCK.



PESQUISA
DIGITE A PALAVRA:


ESCOLHA EM QUE CAMPO PESQUISAR:


Todas as palavras
Expressão exata