Adicionar RSS




Há    visitantes  além dos   membros online no site neste momento booked.net booked.net booked.net


   Adicionar RSS de Decisões & Notícias

Decisões & Notícias

 
FILTROS
Direito do Trabalho
FUP afirma que greve está mantida após decisão contrária do TST
|Greve |Petróleo & Gás



Publicado em 30/05/2018

        BRASÍLIA, DF - Ao tomar conhecimento pela imprensa, na noite desta terça-feira, 29, da decisão do Tribunal Superior do Trabalho (TST), que declarou ilegal a greve dos petroleiros, o coordenador geral da FUP, José Maria Rangel, afirmou que a categoria não se intimidará e que a greve está mantida. “A justiça do trabalho está agindo como a justiça do capital. Esse é o papel que ela tem cumprido ao longo dos últimos anos”, declarou o líder petroleiro, diante dos movimentos sociais e sindicais que participaram de uma plenária unificada das Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, na sede da CUT do Rio de Janeiro.

       José Maria Rangel criticou o TST por ter tomado uma posição sem ouvir o lado dos trabalhadores. “O principal ponto que eles colocam é o fato da greve ser política. A primeira coisa que os ministros do TST tinham que se perguntar é como que eles chegaram ao Tribunal. Foi através de indicação política. O fim da Justiça do Trabalho, imposta pelo golpe, também é uma decisão política. O fato de Pedro Parente está destruindo a Petrobrás é uma decisão política. Tudo em nossa vida gira em torno da política”, ressaltou o coordenador da FUP.

       “Eles queriam que a gente visse o desmonte que a Petrobrás está sofrendo e morrêssemos igual carneiro, com as lágrimas escorrendo? Nós não vamos fazer isso”, declarou, afirmando que os juízes do TST não vão intimidar os petroleiros.

       “Nós sabemos o que está em jogo neste país. Nós não vamos ter que impedir os petroleiros de entrarem para trabalhar porque eles não vão trabalhar, pois sabem o que está acontecendo dentro da Petrobrás. Eles sabem que está em curso um processo de entrega do patrimônio público”, explicou José Maria, ao comentar as multas diárias de R$ 500 mil que o TST determinou, por cada medida de paralisação que os sindicatos realizarem, inclusive piquetes.

       A greve dos petroleiros começa nacionalmente nas bases da FUP, a partir do primeiro minuto desta quarta-feira, 30.

Fonte:   ODireito.com

Revisão: Mateus Matos

Not?cias diretamente relacionadas:
» TST concede liminar para impedir greve de petroleiros -30/05/2018
Leia mais sobre o mesmo ramo de atividade: Petróleo & Gás
» Nestor Cerveró é condenado a cinco anos de prisão por lavagem de dinheiro -26/05/2015
» Concursados da Petrobras terão nova chance de nomeação -18/05/2015
» Não incide IR sobre indenização a demitido da Petrobras por greve -22/03/2014
» Empregado da Petrobrás não consegue licença remunerada para concorrer a cargo de vereador -22/08/2012
» Petrobras pagará salários de trabalhador se houver inadimplência de prestadora de serviços -17/08/2010
» Petrobras é condenada a indenizar pescador por acidente ambiental -08/11/2008
» Outra ação pede que Petrobras substitua funcionários terceirizados por aprovados em concurso -19/12/2007
» Mantida liminar que obriga Petrobras a fornecer gás natural no RJ -05/12/2007
» Três dos 13 presos por fraudes na Petrobras são executivos da empresa -11/07/2007
Leia mais sobre o mesmo tema: Greve
» TST concede liminar para impedir greve de petroleiros -30/05/2018
» Senado aprova urgência para projeto que isenta diesel de PIS/Cofins -29/05/2018
» Temer decreta Garantia da Lei e da Ordem em todo país até 4 de junho -26/05/2018
» STF reafirma inconstitucionalidade de greve de policiais civis -05/04/2017
» Supremo considera legítimo cortar ponto de servidor em greve -28/10/2016
» Governo de São Paulo pode descontar dias parados dos professores em greve -21/05/2015
» TRT bloqueia conta de sindicatos envolvidos com greve do metrô de São Paulo -11/06/2014
» STJ impõe limites à greve dos policiais federais -23/09/2012
» STJ proíbe operação-padrão de policiais em greve em aeroportos e rodovias -17/08/2012
Leia mais sobre a mesma matéria: Direito do Trabalho
» Advogados aprovados em concurso público da CEF têm reconhecido direito a posse -13/06/2018
» Comissão do TST decide que trabalhador não pagará honorário em caso de derrota -17/05/2018
» Associação de juízes questiona parecer sobre reforma trabalhista -16/05/2018
» Empregado em cargo de confiança pode receber em dobro por trabalhar nos domingos e nos feriados -10/05/2018
» Ives Gandra admite divisão do TST na aplicação da reforma trabalhista -04/05/2018
» Motorista de transporte de cigarros receberá reparação por assaltos sucessivos -24/04/2018
» Gerente receberá diferenças por cobrir férias de colega com salário maior -24/04/2018
» Cai MP que ajusta reforma trabalhista -20/04/2018
» TST mantém cláusula coletiva que garante estabilidade a empregados da CPTM com HIV e câncer -15/04/2018
59 visitantes leram este conteúdo até o momento


    Nenhum comentário a respeito, até o momento.






Deixe sua opinião:
Por favor, desligue o CAPS-LOCK.



PESQUISA
DIGITE A PALAVRA:


ESCOLHA EM QUE CAMPO PESQUISAR:


Todas as palavras
Expressão exata